...

Hoje pensei nuitas vezes no que ia desenhar nesta tela em branco quando tivesse oportunidade ...
queria falar do sol, de como me fazia falta um dia assim, pleno de Primavera...
queria falar/escrever sobre um dos livros que ando a ler, "roubando" algumas das suas passagens para a biblioteca cá desta casa virtual (que de virtual tem tão pouco tantas vezes) ...
queria falar sobre as minhas paredes e pedras velhas que me devolvem tanta novidade olvidada sob a capa da cal e da tinta ...
queria relatar mais pérolas dos meus dois pestinhas mais novos, que todos os dias me surpreendem com situações hilariantes e me insuflam de ânimo quando parece que não mais vou aguentar...
queria relatar a ida da mais velha a Lisboa e o teatro "em inglês" que ela ouviu ... e percebeu!
queria mostrar, ainda que timidamente, que cada vez amo mais o pai dos meus filhos, meu marido, amante e amigo, que todos os dias divide o fardo e a beleza da vida, levando-me ao colo quando não consigo mais ...

mas não consigo ... porque hoje a minha mana precisa de mimo e conforto ... e é mesmo isso que eu espero conseguir fazer. Amo-te mana, serás sempre a minha menina e amanhã é outro dia, nova volta, nova viagem, e mais uma tentativa conseguida.
És muito especial nas nossas vidas, sempre.

Comentários

Publicar um comentário

Mensagens populares