Ás vezes ...

... acho que esta minha maneira de ser é responsável por muitos dos embrulhos que sinto no estômago.
... que me preocupo em demasia com quem não se preocupa comigo
... me tenho de reaprender a sentir e erguer um escudo protector
... que as falhas ou atrasos ou imprevistos dos outros têm sempre desculpa e são recebidos com um sorriso e um "não faz mal, eu compreendo", mas os meus são indesculpáveis

... hoje é um dia desses

... em que me desunho e me desembrulho em muitas, mas não vale de nada


Isto passa, bem sei. Passa sempre. Mas ouvir um "estás bem? o que se passa? aconteceu alguma coisa? como te sentes?" em vez de um longo silêncio ou palavras notórias de incompreensão não faz bem ... nunca faz
Isto de ser politicamente correcta tem muito que se lhe diga. E nunca quer dizer que não nos sintamos magoadas e feridas. Simplesmente optamos por sofrer, sozinhas e em silêncio

Comentários

  1. Pois... e eu sou até pior... fico triste, magoada e calada e depois quem paga são as pessoas que gostam mesmo de mim...Não gosto nada de ser assim...
    Bj grande e o que vale é que amanhã é um outro dia!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares