niñando os meus tesouros ... TODOS

A hora de dormir nem sempre é pacífica cá em casa: com 3 crianças (hum: se a mais velha ouve - sr.ªa pré-adolescente por favor! -, com ritmos diferentes, e um dia a dia nem sempre fácil de rotinar, nem sempre é o momento idealizado: momento de ternura, carinho, troca de carinhos, susupiros, sussurros e segredos ...

Mas, porque hoje foi, assim como é desejo que seja sempre, aqui ficam as músicas de niñar que deram o mote a uma espera de Morfeu bem terna e bonita:

_ Porque não sei dizer o Quanto gosto deles ... e é mais do que daqui até à lua e da lua até aqui (essa é uma medida mensurável, o que não acontece com o amor transbordante que sinto pelos meus tesouros, todos, sem excepção)



_ Foi um feitiço, certamente ... só pode!



_ e porque a eles sempre os quero preservar dos meus embalos, choros e perdas:




Boa noite,
sonhos doces

Comentários

Publicar um comentário

Mensagens populares