Por vezes

... penso que esta minha necessidade quase visceral de ler (também) serve para ganhar palavras ... para que possa voltar a escrever...
Preciso de ganhar palavras para poder partilhá-las sobre outro suporte, com nova roupagem. Não podemos dar o que não possuímos e eu preciso de me alimentar de palavras. E de lhes descobrir novas viagens. Novos destinos. Outros casamentos.

Tenho a cabeça a viver uma tormenta. De palavras. Tantas se atropelam para sair que a lucidez bem corre o risco de ficar toldada.
Talvez esteja intoxicada de mim ... de tanto correr, deixam de saber organizar-se para, ordeiras, formarem desenhos de uma lucidez maior no papel. As minhas palavras são assim.

Por isso me alimento de palavras. Para que possa escrever.

Comentários

  1. queria ter sido eu a escrever este post.
    É isto mesmo.

    Just it...


    PS: send emai. Did you receive it?

    ResponderEliminar
  2. Concordo, mas sabes...umas férias se calhar tb vinham a calhar, não?

    ResponderEliminar
  3. E enquanto houver vontade de ler, o que poderemos querer mais?:D

    ResponderEliminar
  4. Um livro está à espera de ser escrito...grande desafio, hein?

    Linda, hoje deixei o mail ligado e fui almoçar...só depois vi.
    Obrigada pelas tuas palavras e pelos ouvidos à disposição:)
    Bj grande e continua a escrever...nós queremos mais!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares