Uma casa ou um lar?

A minha casa pode não ter muita coisa. Pode faltar muito dos objectos ou utensílios ou ferramentas que hoje em dia se consideram essenciais numa casa habitada por crianças: por cá não há TV por cabo, não há playstation's, wii's ou nintendos DS ... não há porque não pode haver. Ponto.
Na minha casa, que é a nossa casa, há muitos livros. Um pouco sobre tudo, para todos. sempre disponíveis. Não há livros proibidos de mexer, nem brinquedos que sejam só para exposição.
Na minha casa, que é a nossa casa, há uma coisa: todos gostam de se sentir precisos, necessários, e as portas estão abertas para ajudar.

É isto que torna a minha casa uma casa onde faltam muitas coisas, mas o meu lar, que é o nosso LAR. É neste pequenos espaço sobrepovoado que moram 5 corações que batem, cada qual a seu ritmo, para pulsarem de uma forma nova e criar um 6º coração, intangível, onde bate a música que constitui a fusão dos diferentes batimentos individuais que a habitam.

Ontem, nesta casa onde faltam tantas coisas, senti-me útil... Senti que algo que não constituiu esforço adicional significativo, fez diferença. E a maior beneficiada fui eu!
Obrigada por me fazerem acreditar que, mesmo numa casa onde faltam tantas coisas, podemos ser úteis e separar o essencial do acessório. Para sermos uns para os outros não importa o que temos, mas antes a forma como nos damos.

Comentários

  1. Eu sou da opinião que quanto mais se tem, menos se dá valor... O meu orçamento também é curto e muito controlado mas o essencial não falta ao meu filho. Aliás eu desisti de lhe comprar montes de presentes e caros, fiquei vacinada com o primeiro que lhe comprei..nunca lhe ligou nenhuma. Há muitas coisas que dão alegrias aos nossos filhos que não passam pelo valor monetário. Não podia concordar mais contigo.

    ResponderEliminar
  2. Texto muito bonito. Um lar é feito de amor e não de objectos e tu tens realmente um lar. Felicidades.

    ResponderEliminar
  3. Querida...se por vezes senti que trbalhavámos na mesma tasca agora sinto que habitamos num mesmo lar e casa, com tudo a que temos direito e sem o que não precisamos!
    Que lar arejado e quentinho não? Já imaginaste a quantidade de pessoas que habitam só nas casas e desconhecem o que é habitar num lar? Eu já...são muitas! Gosto de ti. Ponto.

    ResponderEliminar
  4. Olá,ao ler o teu texto e senti que podia ter sido eu a escrever. Cá em casa o sistema é igual não há consolas e nem tvcabo,por muitas razões primeiro porque só há um ordenado o meu pois sou mãe solteira mas existe centenas de livros.
    Temos conforto mas sem exageros,os brinquedos são doseados e tudo é dado com moderação.
    Lindo texto o teu:),espelha tão bem o que é a minha vida.
    Beijinhos da familia bigodes.

    ResponderEliminar
  5. Parabéns pelo texto, por seres quem és e pela família que tens:)
    Gosto de te ler assim.
    Bj

    ResponderEliminar
  6. Ora é isso mesmo.

    Um lar é onde rimos e choramos nos podemos dar ao luxo , isso sim, é um luxo, de nos sentirmos bem com os que mais amamos.

    Bjs grandes

    ResponderEliminar
  7. Cá em casa, só temos Tv cabo e Internet, e livros.Muitos. Assim como brinquedos.
    Mas, muitas vezes, querer-me parecer que muitas pessoas têm muitos "acessórios" para mostrarem aos outros. Sinceramente, marimbo-me para a opinião dos outros. Se eu não posso ter, não tenho. Importa é a felicidade do meu filho. Este mundo actual, está muito materialista. E os nossos filhos, de uma maneira ou de outra, acabam por ser o nosso reflexo. É a minha opinião.

    Gostei muito deste post. ;)

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares