Dezanove de Março

Ontem foi o Teu dia. O dia de celebrarmos o facto de seres o melhor pai que poderíamos alguma vez ter imaginado e idealizado durante o namoro. Três vezes pões esse amor e esse desvelo em prática com cada um dos nossos rebentos.

Ontem foi o dia de celebrarmos a feliz coincidência de ser também o dia do teu aniversário: como um prenúncio... como uma antevisão de que a paternidade te assenta como uma luva e é (também) nela que te realizas.

Não sabemos escrever o quanto de amamos e o quanto tu nos és preciso e precioso. Os abraços também falam. E os risos. E os mimos construídos em segredo. Como ontem. Para sempre.

Ontem foi também o dia de estar com o meu pai. De partilharmos este amor. De vivermos esta certeza de que o amor não se extingue. E cresce. E permanece.

Ontem foi um bom dia. Os dias são sempre bons para amar...

Comentários

  1. Gosto tanto da forma como escreves. Tão simples, terna mas tão rica de sentimentos. Identifico-me muito. E sim, os abraços falam, assim como os beijos. Um beijinho e tudo de bom!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares