rasgando o cinzento

É preciso deixar o sol entrar, mesmo quando a paisagem, toda ela, se turva de cinzento. é lá o lugar do sol. no meio de nós. da unidade que nós os cinco constituímos. somos cinco porque inicialmente fomos dois sedentos de mais um do outro. de tudo um do outro. de tanto um do outro que nos desmultiplicámos em mais. não em cópias, mas em seres únicos e irrepetiveis, cada um com a sua individualidade e personalidade vincada e própria. o nosso amor é tanto que transbordou. e transborda um pouco mais a cada dia. tem dias que de forma morna e branda. tem dias com urgência de vulcão. amo-te. amo-nos. e nestas palavrinhas estão toda a certeza e conforto do meu coração. gosto_nos.

Comentários

Publicar um comentário

Mensagens populares