MMXII - que me trazes tu?

Não vou fazer resoluções de Ano Novo. O ano velho foi pródigo em me mostrar há um conjunto de imprevisibilidades  na vida que, quando combinados, e desafiando as leis estatísticas, podem colocar o planeamento de um ano por água abaixo num ápice. E a amargura das não concretizações magoam por demais.

Não sei o que esperar. Não sei o que pedir. Nem sei o que mereço. Não conheço o dia de amanhã, nem dos 364 amanhãs que se seguirão...
Secou-se a fonte das lágrimas. Enublou-se a terra dos sonhos ...

Espero amor, trabalho, dignidade, saúde e o regresso da esperança. Apesar de tudo, não se secou a esperança.
Não se esterelizou o terreno onde construo os meus sonhos e projecto o meu futuro.

Espero voltar a ter um lar com paredes e coisas. Ansejo a rotina que antes enjeitava.
Quero voltar a ver felicidade e segurança nos olhos brilhantes de quem amo.

Para isso, neste 2012 que agora começa, vou:
_ sorrir mais
_ dar-me mais tempo
_ cuidar mais de mim
_ priorizar o tempo comigo e com os meus
_ cc
_ dar-me mais
_ brincar mais com os mais novos
_ sair mais com a mais velha
-REENCONTRAR-ME


Vem 2012. Estou à tua espera.

Comentários

  1. Desejo-te um excelente ano, onde recuperes a esperança e que alcances tudo o que anseias.

    Bjos grandes

    ResponderEliminar
  2. Feliz ano querida mãeee... que tudo o que desejas se concretize.

    Beijinhos assim grandessssss

    ResponderEliminar
  3. que 2012 te traga tudo isso e mt mais! força isto uma pessoa tem é de olhar em frente :)

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares