24 anos depois, o Homem faz falta. A sua obra fica.






Fazes-nos falta Zeca.
Continuaremos a alimentarmo-nos das tuas palavras e melodias, de uma acutilância e actualidade impressionantes.

Comentários

  1. Ainda bem que o legado é grande...como ele.
    beijos

    ResponderEliminar
  2. Gosto tanto tanto tanto de Zeca Afonso. E dO Zeca Afonso, que só muda uma letra mas são coisas muito diferentes.
    Beijinho *

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares