Na minha pequena concha


Estes últimos dias deram-me sinais que não mais posso ignorar.
Cada vez me fecho mais sobre mim própria ... os momentos de exposição levam-me a estados de ansiedade difíceis de controlar em público ... a retração que uso como estratégia de defesa pode ser entendida como distanciamento ou altivez ... bem sei ... quando no fundo são um espelho de aumento de insegurança e timidez ...

Estou presa num corpo que não funciona

Neste momento, gostaria de dominar o poder da invisibilidade ... e ficar assim, quietinha no meu canto, sem ter de enfrentar os meus medos e inseguranças, que, bem alimentados, crescem e crescem em mim ...

Comentários

  1. um beijinho grande em ti e um abraço apertadinho!

    ResponderEliminar
  2. Também nós temos "épocas" assim, de recolhimento, de reflexão, de introspecção.
    Um grande beijinho,Sofia,Pedro e Joana

    ResponderEliminar
  3. O meu coração está contigo. Completamente...

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares