da importância de dar asas. Com raízes bem sulcadas terra fértil dentro

Há um provérbio, penso que judaico, que versa: "primeiro, dá ao teu filho raízes. Depois, asas"

Este dito sempre me/nos pôs a pensar quando acertamos como gerir esta coisa da parentalidade activa. Sim, porque no nosso caso, a educação e decisões sobre os nosso filhos não são assunto só da mãe ou só do pai. Banal, não é? Tão banal, que nem ligamos ... até irmos para o mundo, falarmos com outros pais e mães e vermos que não é bem assim tão tão banal e intuitivo... enfim ...

 serve este intróito para partilhar que esta madrugada a minha miúda mais velha, ganhou mais um pedacinho de asas!

E foi vê-la, feliz, ansiosa e expectante partir ao abrigo de uma nova experiência que entendemos por bem proporcionar-lhe: eram 10 da manhã e chegou a esperada mensagem: "Chegámos bem, a família com quem vou ficar é muito simpática, está tudo bem :) beijinhos, filha X."

Ufa!!! Ela não sabe, mas isto de lhes dar asas dá cá um desgaste. Uma pessoa/mãe e/ou pai diz que sim, porque acredita dever dizer que sim. Mas depois, o malvado coração de mãe prega-nos a partida das saudades, e da preocupação e do querer estar ao lado e dar colo, e ir na mala para ver se é preciso alguma coisa... encolhe, murcha...fica tolhido com as preocupações mais tolas ...

Em frente deles não: sorriso, encorajamento e solidariedade na aventura, que lhe será benéfica para beber mais Mundo, ser mais cidadã desta bola azul com recortes verde-acastanhados. Mas enquanto a mensagem não chegou, e agora o telefonema, e a alegria no tom de voz não se ouviu ... este malvado coração não me deu tréguas.

Aproveita. Desfruta. Aprende. Regressa. Adiciona bagagem e espírito de aventura. porque tenho para mim que vamos precisar... ah! e treina muito o inglês :)

[picture by me, in the air 2012]

Comentários

  1. Ela foi num desses programas?
    Ai. nem imagino como deva ficar o vosso coração, mas o dela vai crescer imenso com a "aventura"
    Uma prima do meu homem participou e ainda hoje fala nisso
    Muita força e ataquem o skype para matar saudades
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. .. e é assim, com as asas que lhe dás, que ela há-de crescer e saber para onde deve sempre voar em segurança: a vossa casa.

    :)

    Parabéns minha querida, por não seres só uma mãe banal.. parabéns por seres essa super-mãe, essa super-mulher, essa super-pessoa. A tua filha deve estar muito orgulhosa de ti!
    Beijo ENORME!

    ResponderEliminar
  3. Ai caraças...essa parte do "dar asas" é que me complica o sistema...eu sou mais de telos debaixo de asa! (eu sei que nao é bom!)
    Beijinho com muitas saudades

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares